quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Viagem à Santiago do Chile

Nesse início de mês de agosto, de férias e sem ter feito nada ainda, bateu uma fissura de viajar para conhecer algum lugar diferente. Conversei com a patroa para sugestões, ficamos debatendo, contas, quanto pra gastar, Nordeste ou Chile, ... Isso era uma quinta-feira a noite. Na sexta-feira, fui ao sites da CIA aéreas atras de tarifas boas, quando deparei com passagens baratas pela GOL para segunda-feira com destino à Santiago do Chile . Dito e feito: reservadas. Agora era só descobrir Hotel e opções de passeios ao redor da cidade, já que não tinha noção alguma da cidade, em 2 dias apenas.
Porém deu tudo certo, e realizamos uma viagem sensacional ao Chile. Por isso até vou dar algumas dicas para quem quer ir ou já foi e não aproveitou muito.

Dicas:
  • Hotel:
Já saia com seu hotel reservado daqui, sai mais barato e seguro por agências de viagens, nós utilizamos os serviços da DM Tur de POA, fantástico por sinal, e o que deve se levar em conta é a localização... Isso faz a diferença em Santiago; sempre prefira próximo a rede de metrôs, se for muito afastado, perde-se tempo e dinheiro em Taxi. Quanto as "estrelas", sinceramente não muda muito o valor de um de 3 para os de 5 , então preferi ficar em um ótimo de 5 estrelas por 10 dólares a mais na diária, e compensou pela localização , cinco minutos do metro e ao lado dos shopping centers ( as esposas gostam..eheh). Fiquei no Hotel Kennedy ( www.hotelkennedy.cl ).

Vista da janela do quarto no hotel, como cheguei de madrugada só observei os "morros" ao fundo pela manhã

  • Roteiro:
Sempre é bom já ter uma noção do que se vai fazer em cada dia, ganha-se tempo, pois alguns passeios são longes e além disso ao redor de Santiago existem lugares e cidades próximas que não se devem deixar de visitar, como Valparaíso e Viña del Mar, além do maior complexo e estação de sky da América do Sul, o Valle Nevado. Foi o que fizemos; no avião já programamos o que fazer nos dias. Ai vai:

1° dia: nesse dia como chegamos as 3 da manha e acordamos as 8 horas, deixamos para nos localizar, saimos a pé até o metrô, e de lá fomos ao centro da cidade, no bairro Providencia, andamos por tudo, varias lojas, conhecemos a Plaza das Armas, Mercado Público ( imperdível), óbvio que algumas Igrejas. Na parte da tarde deixamos para visitar o Cerro San Cristóban, que fica perto do centro, no bairro Bellavista, a "Lapa" de Santiago. A noite jantamos no Restaurante "Como água para Chocolate" que fica nesse mesmo bairro. Formidável!!

Déia e o interior do Mercado Público



2° dia: uma coisa boa e garantida que tem em Santiago são excursões para turistas.. ótima opção. Nesse dia fomos para Viña del Mar e Valparaíso conhecer o Pacífico, ótimo passeio, muita história nesses lugares, além de viajar até lá cercada de parrerais da Concha y Toro... pena que não era época da uva... mas do vinho sempre é!!!!!!! A noite deixamos para ir conecer e comer no Shop. Center Aroucas, onde a roupa em lojas grandes são muito baratas, o único problemas é que as lojas fecham as 21 horas, mas os barzinhos da volta não!!!!!!!

Viña del Mar

Valparaíso

3° dia: de excursão novamente, fomos ao "xodó" da viagem, o Valle Nevado. Complexo hoteleiro encravado na cordilheira distante 60 KM de Santiago, mas que leva 3 horas de viagem e 1.000.000 curvas..ahaha é fantástico!!! Imperdível!!! A noite fomos também a um lugar fabuloso, o Restaurante temático Bali-Hai, que além de servir um cardápio fenomenal, ele diverte e encanat os turistas de todo mundo com danças e músicas típicas, onde o melhor momento é quando chega o culto a cultura Rapa Nui, da Ilha da Páscoa, e à Polinésia, onde as dançarinas te deixarão de queixo caído (e aquele lugar levantado..eheheh) com suas danças e corpos sensuais , e no fim da noite acaba tudo em festa, os turistas ficam loucos e vira uma boate-rave-ninguém-é-de-ninguém-bailinho-mundial.... tudo doidão cheio de Pisco Sour na cabeça...

Valle Nevado

Piscina no Valle Nevado


Bali-Hai

4° dia: deixamos esse dia para visitarmos alguma vinícola, mas não fomos, resolvemos ir ás compras com os $$$ que sobraram, e fomos novamente ao centro, só que por acaso conhecemos um lugar fantástico , o Cerro Santa Lucia; é um morro encravado no meio da zona funcional de Santiago, é incrível o contraste da calmaria com o agito da cidade.. Nesse lugar existe um "castelo" que foi usado por descobridores, e a cidade começou a crescer em volta desse lugar, vale muito a pena ir, até porque atravessando a rua da frente, existe o melhor lugar de comprar artesanato e outras coisitas mais de Santiago, é gigante, com várias lojinhas de artesanato e tudo muito barato... gastamos pouco e compramos muita coisa... e como sobrou um pouco de tempo e de $$ fomos novamente vasculhar o Shop. Center....

5° dia: voltamos pra casa, mas como voltamos pela manhã, a vista da Cordilheira dos Andes foi fantástica.. é muito grande!!! Ai tu já fica pensando no filme: "Vivos", orgulho de todo uruguaio que conheço " Como aqueles Uruguaios sairam daqui...".eheheh....

Vista aérea da "infinita" Cordilheira dos Andes


Dicas rápidas que valem a pena:
  • aprenda a andar no metrô, te levará a tudo além de ser mais rapido que carro.
  • comprar artesanato somente no Cerro San Cristoban, e já conheça o vendedor da loja de santinhos que tem lá, o cara é genial, maluco; e na frente do Morro Santa Lucia, são os lugares onde se encontra tudo e mais barato.
  • comer atum e salmão na mesa-cama do restaurante afrodisíaco "Como Água para Chocolate".
  • jantar chilenamente no Astrid y Gastón.
  • comer todos os tipos de conchas e mariscos em Viña del Mar.
  • ir nos artesanato na beira da praia em Viña del Mar, procura que achas....
  • costear o Rio Mapocho que corta a cidade.
  • tomar "mucho" Pisco Sour" , a caipirinha deles.. feita de pisco (aguardente de uva) e trazer para beber.. trouxe 4 garrafas, uma é pro Xandi..
  • não perca tempo indo a aula de ski ou alugando ski no Valle Nevado, os caras não deixam "alunos" e visitantes andarem de teleférico. Levar sunga ou biquini por baixo e tomar banho na piscina térmica ao ar livre do hotel, rodeado de neve. Não pergunte, tire a roupa e se atira na água, se perguntar não vão deixar...eheh. " esquiar mesmo é de bunda ou papelão"... Skibunda..
video
  • provar suco de Chirimoya, fruta estranha do Chile.
  • tomar pisco sour.
  • se tiver dinheiro comer "Centolla", carangueijo gigante.
  • comprar algo de lápis-lázuli, que só tem lá e no Afeganistão.
  • fazer compras em Las Condes.
  • conferir mini-exposições em cada parada do metrô.
  • tem diversas casas de Pablo Neruda, tanto em Santiago como em Viña e Valparaiso, não fui em nada ligado ao escritor...
  • a Lapa chilena em Santiago é o bairro Bellavista.
  • tomar mais pisco sour.
  • beber e descobrir ótimos vinhos, prara trazer não compensa o preço.
  • comprar no aroucas nas lojas Paris e Ripley.
  • dançar rave ao ar livre no Valle Nevado ou dançar a dança do siri.
  • Vide siri: http://www.youtube.com/watch?v=FR7pwf5WRmU
  • comer o churros do Valle Nevado.
  • ver o Mohai da Ilha da Páscoa em Viña del Mar.
  • pesquisar preços antes de alugar roupas de neve.
  • nunca vá nos que os guias indicarem, pois eles ganham comissão.
  • sempre tenha "propina", a gorjeta deles.
  • melhor cerveja deles é a Austral.
  • levar babador quando ir ao Bali Hai e suas danças polinésias.
  • comer de entrada no Bali Hai sopa de "choritos" , é animal!!!
  • mucho mais pisco sour. ic..ic..
  • antes de dormir, mais una dose del Pisco Sour.... e duas Aspirinas...

ALGUNS PREÇOS:
  • 1 dolar vale 500 pesos chilenos.
  • metrô custa 400 pesos.
  • Km de taxi 100 pesos, são honestos.
  • Bali Hai: 40 dólares por pessoa, mas vale muito a pena..
  • Como Agua para Chocolate: janta com vinho para duas pessoas 50 dólares.
  • lanches e refrigerantes são baratos.
  • cerveja: 1,5 dolares a longneck.
  • excursão de Santiago para Viña e Valparaiso: 45 dolares por pessoa.
  • excursão Santiago a Valle Nevado: 50 Dolares por pessoa.
  • Centolla: 100 dolares para dois.
  • Pisco sour: 3 dolares o copo ou o mesmo preço a garrafa nos supermercados.
  • Vinho: em torno de 5 dólares a garrafa.
  • Casacos coloridos de lã de alpaca: 20 dolares.
  • Moletons: 8 dólares.
  • Roupas de neve: muito barato, mas quem é do Nordeste não compre, pois nunca mais vai usar, tinha pessoal do norte do Brasil atochado nas lojas de casacões e depois se arrependeram.
CURIOSIDADES:
  • A cidade é muito segura a qualquer horário.
  • Muito limpa.
  • O governo deve esconder bem a pobreza, pois não é visto pidentes e andarilhos.
  • Os cães de rua usam roupa pra frio com golas de lã.
  • Você vai sempre comparar a cidade com Buenos Aires.
  • Muitos brasileiros em Lua de Mel.
  • Você se impressionará com a quantidade de carros novos e importados.
  • Os chilenos detestam muito mais os argentinos que nós. Incrível mas é verdade.
  • Existe uma avenida que passa por baixo de todo o Rio Mapocho.
  • Os adolescentes chilenos são tudo "Emo-metal".
  • A gorjeta ou propina para eles, facilita sua vida, eles adoram.
  • Dizem que a comida no Valle Nevado é caríssima, mas não é, não precisa levar "marmita" como eu fiz.
  • Tem que ir nos meses de inverno.
  • Só vai nevar na cidade quando você já estiver ido embora.
  • Você verá, se tiver sorte, apenas uma moto andando pela cidade por dia.
  • Na cidade chove umas 2 vezes no inverno, esqueça guarda-chuva.
  • É bom, bom mesmo o tal de Pisco Sour............
Era isso por enquanto, dúvidas entre em contato